Home » Destaque » Para Além do Diário de Anne Frank [Resenha]

Para Além do Diário de Anne Frank [Resenha]

Por Aline Dias

02 de janeiro de 2017

Para Além do Diário de Anne Frank é um livro complementar ao conhecidíssimo O Diário de Anne Frank, contendo fotos, depoimentos, perfis dos “clandestinos” e dos “ajudantes”, fatos históricos da época, entre outras informações.

Só para lembrar, Anne Frank foi uma jovem judia que morava na Holanda e teve que se esconder com seus pais e irmã durante a Segunda Guerra Mundial para escapar dos nazistas, sendo que eles já haviam partido da Alemanha com a ascensão de Hitler. Eles, juntos com outros conhecidos (oito pessoas no total), se esconderam num anexo do prédio onde o pai de Anne, Otto, tinha o seu escritório. Lá, eles ficaram escondidos por 2 anos, sendo ajudados por cinco ex-funcionários e conhecidos de Otto, que levavam mantimentos e também conseguiam levar folhas para Anne continuar escrevendo o seu diário. A ideia era ela conseguir publicar seu diário ao término da guerra. Porém, um dia, eles foram descobertos e enviados para campos de concentração, restando apenas Otto vivo, ao final da guerra.

O livro foi organizado pela Casa de Anne Frank, local que atualmente é um museu, e foi o esconderijo de Anne, sua família e conhecidos. O que se pretende, através desse livro, é responder a muitas dúvidas e perguntas feitas pelos leitores d’O Diário utilizando o resultado de pesquisas sobre os envolvidos, fotos, fatos, documentos e depoimentos.

Bem, vamos agora a alguns detalhes sobre o livro:

  • Há muitas fotos ilustrando a vida da família Frank, os outros clandestinos e os ajudantes. Há um perfil detalhado para cada uma das 13 pessoas envolvidas, em 4 páginas e em cores diferentes. Dessa forma, fica mais fácil de encontrar cada perfil e dá a opção para o leitor escolher qual perfil quer ler primeiro, ou seguir a leitura de forma linear.
  • Há mapas, linha do tempo e glossário que ajudam a detalhar melhor a época e encaixar os acontecimentos das vidas de Anne e todos eles com os fatos históricos.
  • Há também um resumo da história para quem já leu o diário há algum tempo ou quem queira ler esse livro antes do diário.

Com as questões de guerra, sobrevivência, xenofobia e preconceito, dentre outras, tão presentes nos nossos dias, causa até um calafrio na espinha, de cima a baixo, ler um livro relacionado à narrativa da jovem Anne Frank.

Infelizmente, o livro segue sendo preocupantemente atual e, no mínimo, deveria nos incentivar a refletir sobre os fatos que antecederam e que ocorreram durante a Segunda Guerra Mundial. Conflitos no Oriente Médio, a guerra na Síria, causando destruição, o deslocamento involuntário de tantas pessoas, a separação de tantas famílias e o êxodo tendo destino a Europa.

Para Além do Diário de Anne Frank é um ótimo complemento do diário (e suas versões). Recomendo (re)ler o diário e depois aproveitar todos os detalhes desse livro. Como foi citado, há um resumo da história, portanto, fica a critério do leitor ler ou reler o diário ou ficar só na leitura do resumo mesmo. 5 Canecas cheias.

Site sobre Anne Frank, organizado pela fundação Casa de Anne Frank, traduzido para o português.

Entrevista exclusiva de Zygmunt Bauman (um conhecido sociólogo polonês) sobre migração e relacionamentos, para quem é interessado no assunto.

PARA ALÉM DO DIÁRIO DE ANNE FRANK
CASA DE ANNE FRANK
Páginas: 192
ISBN: 9788544104279
1.ª edição: 2016-07-01
Editora Leya
5 Canecas <3