Home » Séries » Agent Carter s02e03 – Better Angels [Review]

Agent Carter s02e03 – Better Angels [Review]

507132846

Por Aline Dias

8 de Fevereiro de 2016

Agent Carter começa com jornalistas urubuzando a casa de Dr Wilkes para saber o que aconteceu na Isodyne. De novo, a Isodyne está no centro de um escândalo e chamando atenção demais. O Comitê, o grupo secreto, cosplay da Hidra não deve estar gostando.

Sousa e Carter entram na casa do Dr Wilkes e Carter encontra um fundo falso no assoalho, onde há um envelope com 50 mil dólares (muito mais do que vale hoje), uma passagem só de ida para Moscou, e um passaporte russo. Um outro agente encontra uma arma no quarto de Wilkes, arma que matou um monte de gente e conclui que ele é espião russo. Muito óbvio para ser verdade, acredita Carter, e parece ser coisa da Isodyne. Únicas pistas: os broches com a letra A, um encontrado nos pertences de Dr Wilkes e o outro que Dottie Underwood estava atrás.

Enquanto isso, Howard Stark está dirigindo um filme e Carter e Jarvis aparecem por lá para pedir ajuda no caso. Peggy mostra a Howard o filme sobre a Matéria Zero e o broche, o qual Howard os informa que é dado aos membros um clube, o Arena, o que surpreende Howard, pois o clube é elitista e não aceitaria uma mulher e um afro americano como membros.
Thompson chega em LA e encerra o caso de Dr Wilkes, citando que ele era espião comunista. Carter e Sousa tentam explicar que Isodyne está tetando tirar o dela da reta, mas ele nem liga. Porém, ao assistir o filme sobre a Matéria Zero sozinho, ele fica espantado e preocupado. Vincent Masters (aquele senhor amigo do pai dele, do FBI) o visita no escritório pedindo para recuperar o material confidencial roubado por Dr Wilkes. Thompson dá uma de que não entendeu, mas garante ajudá-lo.

Howard tem uma ideia de como invadir o clube para que Carter possa investigar o Arena. Ele entra com Jarvis e leva várias moças para tocar o terror no clube. Logicamente, Carter está entre elas. Ela começa a dar um rolê pelo prédio e coloca uns dispositivos e, por acaso, chega na biblioteca, onde há uma porta secreta, atrás de uma estante de livros, para a sala de reunião da sociedade a qual Chadwick faz parte e que vimos anteriormente. Ela consegue entrar sem ser vista e encontra na mesa duas edições do jornal do dia seguinte “Eleição de Anderson Ankles: desiste da corrida (eleitoral)” e “Estadista em um infame escândalo sexual”. Mas ao tentar pôr o dispositivo embaixo da mesa, ele faz um barulho de interferência e o agente do mal, Mr Hunt, vai vistoriar a sala. Ela consegue sair e com Jarvis, Howard e as moças, eles todos vão embora do clube.

Carter conta a Sousa e Thompson o que sabe sobre o clube, mas Thompson a repreende por não ter provas sobre a suposta chantagem contra o rival de Chadwick ao Senado (os jornais) e a ordena a voltar para Nova Iorque. Na mesa dela, ao coletar suas coisas, alguns objetos começam a levitar e ela vai direto a Howard para saber o que está acontecendo. Lá, Howard tem um experimento químico que ele explica para quê serve e, ao lançar o líquido no ar, aparece Dr Wilkes. Momento de alegria, esperança e olhos brilhantes de Carter e Wilkes. Ele consegue contar que Frost estava na Isodyne na hora do acidente, e sabe mais do que ele, segundo ela, sobre a Matéria Zero, só que ele desaparece novamente.

Howard promete dar um jeito no experimento dele e Carter vai atrás de Frost. A atriz dá uma de desentendida, obviamente. Thompson entrega o filme da Isodyne para Masters. Howard está tentando trazer Wilkes de volta de vez. Thompson dando uma de bom camarada, conversando com Sousa sobre Carter, pergunta se ele não tinha partido o coração dela e bla bla bla. Oi? Sousa o informa do noivado dele e recusa ir tomar umas com Thompson. Não, não adianta, cara: você é um mala e só dificulta as investigações.

Frost está possessa com Carter e Chadwick tenta acalmar a esposa. Ela usa as habilidades de atriz e o convence que Carter é perigosa para eles e os planos do grupo secreto, e quer que ele chame o Mr. Hunt. Corta para Carter, que está treinando na mansão e Mr Hunt já está a observando. Quando Jarvis sai, Hunt a ataca, mas ela consegue se jogar com ele na piscina. Jarvis volta e a ajuda. Hunt foge.

Jarvis instala umas geringonças de segurança e Howard vai buscar ajuda no Peru para que Wilkes volte ao normal. Wilkes quer ir embora para não trazer perigo para eles, mas Carter dá uma bronca nele e fala para chama-la de Peggy. Musiquinha de fundo.  Clima. Ele então decide ficar porque ela quer que ele fique. Mas olha…

Carter mostra as marcas no pescoço (causado por Hunt) para Sousa, diz que “perdeu” o voo e ficou para terminar o caso. Sousa fez sua pesquisa e descobriu o passado genial de Whitney Frost (uma versão Marvel do mal da Hedy Lamarr). Sim, Frost é (e será) uma super vilã, e logo logo haverá altas histórias.

Masters leva Thompson até o clube Arena e o apresenta a Chadwick. Masters entrega um jornal (a versão que o estadista desiste da campanha) para Thompson que liga os pontos sobre o que Carter lhe contou, mas segue com a atuação bebendo Martini, whiskey e afins para não dar bandeira de que está ligado nas tramoias.

O diretor de Frost joga uma conversa mole de que ele a defendeu para mante-la no filme e fica lá abraçando e testando as carnes de Frost. Ela tenta se livrar dele e daí ele vê a rachadura no rosto dela. Ele se afasta mas a Matéria Zero sai da mão dela e o absorve para dentro do corpo de Frost. Ela fica desesperada e olha no espelho. A rachadura aumenta.

Pontos para confabular:
Gente, Wilkes está de volta! Ainda bem. Além de que seria triste e péssimo para a série (para o nosso coração e o da Carter também), ele é um ótimo aliado (por conhecer bem a Matéria Zero) e mega gênio.

Masters aparece em LA e Thompson está com as antenas ligadas. Será que Thompson vai se infiltrar na sociedade secreta cosplay de Hidra? Uma coisa que eu comentei na review do epi anterior: “Vamos ficar de olho também para ver se já não há agentes infiltrados na polícia e na SSR. Ou no FBI. Voltando ao episódio anterior, e se o FBI tem algum agente infiltrado e na verdade Dottie foi libertada?” Então, e se? Continuemos de olho.

Ainda é o começo da Whitney Frost como grande vilã da série. Ela, como também o Dr Wilkes, faz parte do cânone da Marvel, por assim dizer. O que raios a Matéria Zero fez com eles e em quê isso vai dar, acredito que saberemos em breve. Ainda faltam sete episódios e muitas coisas ainda podem acontecer.

Jarvis já está colocando em prática um pouco do treino de combate que ele vem fazendo. Aguardo coreografias mais longas e elaboradas para ele futuramente.

Então, por enquanto, é isso. Vamos ver o que virá no próximo episódio. Continuem criando suas teorias e compartilhem com a gente. ;)