Home » Colunas » 05 HQs de Monstros [Especial Halloween]

05 HQs de Monstros [Especial Halloween]

alguns-seres-sobrenaturais

Por Alessandro Zaharur

31 de Outubro de 2015

    Olá pessoinhas. Em homenagem ao nosso querido, e já acostumado, dia das bruxas ou Halloween, falaremos hoje sobre algumas HQs que têm como tema os monstros e os seres sobrenaturais e que, na maioria das vezes, fazem parte das lista dos amantes da nona arte.

 

01.Lúcifer

    Vamos começar nossa lista com uma bela obra da Vertigo, editora de teor adulto da DC Comics. Caso você não conheça o personagem já deve estar se perguntando, é a história do Diabo? Do anjo caído? Do dedo gelado? Do Capiroto? Exatamente. Não focando na origem do vilão mais falado pela sociedade ocidental, mas contando sua vida no inferno e os questionamentos que este se faz diante das leis de Deus e a humanidade.

    O personagem teve sua primeira aparição dentro de uma das histórias do Superman, na qual o assistente de Clark Kent, Jimmy Olsen, encontra o rei do inferno em um sonho, se intitulando de senhor L. Além dessa história, ele ainda aparece em dezenas de outras dentro do universo DC, mas sua maior e mais lembrada participação se encontra em uma das sagas de “Sandman”, uma HQ que conta a história do Deus (ou melhor, perpétuo) dos sonhos e de um mundo completamente surreal e fantástico (falaremos em breve dessa bela obra).

    O enredo se passa em torno da viagem de Lúcifer, juntamente de sua serva apaixonada Lilim Mazikeen, em busca de dar um fim ao controle exercido por Deus diante dos seres. O texto é bem complexo e aborda temas bastante filosóficos.  De certo modo a trama representa, segundo o autor, às vezes sua própria vida, e em outras, a humanidade como um todo.

    Ela ainda conta com a participação de vários deuses pagãos, como Loki, Susano, Izanami, ou anjos caídos como Ramiel e Miguel. A trama escrita por Mike Carey trata o sobrenatural e a religião cristã com várias críticas e assuntos altamente delicados. Além disso, no ano de 2015, a obra ganhou uma adaptação para a TV, com o título de mesmo nome da HQ. Sem sombra de dúvidas vale a pena pesquisar sobre.

 02.The Walking Dead

    Bom, que melhor hora para citar uma das HQs de maior sucesso da atualidade do que no Halloween? Vamos falar agora da história de Rick Grimes e sua turma de sobreviventes que permeiam dentro de um mundo dominado por zumbis e que inspiraram a famosa série de TV que tanto faz sucesso na cultura pop.

    A história se inicia com Rick, um policial, que acaba de acordar de um coma, ocorrido devido a uma troca de tiros entre bandidos e a polícia. Ao sair da sala do hospital o oficial se depara com um local completamente destruído e devastado de vida humana. Assim passamos a ver sua trajetória e a de seu grupo, constituído de pessoas completamente distintas, mas que acabam criando uma relação de família graças à situação de sobrevivência.

    Apesar disso o maior atrativo da obra não se encontra na questão dos zumbis, ou melhor, isso é a principal preocupação somente no inicio dos acontecimentos. O maior foco gira em torno das relações pessoais que englobam a humanidade, a final de contas toda a maldade, a loucura e os problemas sociais ainda existem dentro e entre os indivíduos, a única diferença é que eles agora não estão mais regidos por leis e de certo sistema de organização, fazendo-os voltar pra Era selvagem, ou seja, tempo de sobreviver no mundo hostil. Desse modo, a obra de Robert Kirkman consegue suscitar e polemizar temas bem delicados e complexos de maneira intrigante e envolvente na trama fantasiosa.

03.Zumbis Marvel

    Seguindo a mesma onda, nossa lista conta com um spin off da Marvel. Zumbis Marvel retrata um mundo pós-apocalíptico zumbi dentro do universo tradicional 616, no qual um vírus alienígena, trazido para a Terra, se espalha entre a humanidade e principalmente entre os maiores heróis e vilões do planeta. Entretanto, essa doença possui uma característica única, ela preserva a consciência humana dos infectados, ou seja, presenciamos a tristeza e a raiva dos nossos heróis em estarem naquele estado, mas ao mesmo tempo vemos a fome sedenta que eles não conseguem controlar.

    A história ainda é isenta de um personagem principal, pois na maior parte do tempo tudo se passa dentro do grupo de mortos vivos e nos sobreviventes que estão sendo caçados. Diante dessa perseguição nos é mostrado as grandes características de alguns personagens menos trabalhados como Pantera Negra e Magneto.

    De certa forma é uma HQ não enquadrada como grande obra, mas que vale a pena ler. Tendo como roteirista Robert Kirkman, mesmo criador de “The Walking Dead”, traz alguns elementos da cultura dos mortos e apresenta alguns conceitos do perigo que seria se os heróis se descontrolassem. É uma leitura para se realizar no tempo ocioso ou em um longo trajeto.

04.Graphic MSP Penadinho – Vida

    Vamos falar agora de uma obra brasileira e de seres criados pelo ilustríssimo e bastante conhecido, Maurício de Souza. Diante de todos os grandes e famosos personagens do escritor, Penadinho é um de seus representantes, e talvez o principal deles, no mundo sobrenatural.

    Na trama, Alminha, o grande amor do protagonista, irá reencarnar, e este, que nunca teve coragem de dizer tudo que sentia por ela, se vê em um completo nervosismo para deixá-la ciente de que é o amor da sua vida (ou melhor, da sua morte). Pra piorar, a fantasminha amada ainda sumiu e precisa ser encontrada até o amanhecer, quando acabará seu tempo antes da reencarnação e a Dona Cegonha a levará.

    O texto busca uma mescla de romance, humor e suspense, além de compor desenhos já conhecidos através de traços novos muito bem feitos e bonitos. Outro grande ponto importante são os personagens secundários que deixam o enredo engraçado e gostosinho de ler.

    A obra é escrita por Paulo Crumbim e Cristina Eiko. Os autores reimaginam as personagens criadas por Mauricio de Sousa de forma terna, apaixonante e divertida, fazendo a garotada e até mesmo “as grandes crianças” se sentirem enturmados com o fantasminha carismático e sua turma de monstros queridos. Uma pequena e rápida leitura, mas que vale muito a pena.

05.O Monstro do Pântano

    Nossa última citação é uma bela obra de Alan Moore. “The Swamp Thing”, ou na tradução literal, “A Coisa do Pântano”, conta a história do cientista Alec Holland que, após alguns experimentos, acaba explodindo seu laboratório e contaminando o local com radiação, além disso, o local passa a ser invadido por uma cobertura florestal. Após certo tempo – com a morte do cientista já constatada – eis que surge do mesmo local um ser humanoide, composto de matéria vegetal que se intitula como o antigo Alec Holland.

    A partir do ponto de vista da criatura e das pessoas conhecidas que cercavam o ex-cientista, tudo se passa dentro de um mundo onde os seres mitológicos e fantásticos já existem, mas não é de conhecimento humano. Como exemplo, temos a presença de John Constantine, da HQ “Hellblazer” e outros personagens do mundo sombrio da editora Vertigo. Além disso, a história retrata de maneira forte, a questão sustentável do planeta, deixando evidente o perigo da expansão industrial e da necessidade de uma coexistência entre humanos vegetais.

    Antes da adaptação escrita por Moore, já havia acontecido à aparição do monstro na revista “casa dos segredos #92” como o cientista Alex Olsen, que tinha sua origem igual a do personagem de Alan, mas que encontrava seu foco no horror, como um verdadeiro monstro que atacava as pessoas, diferente da leitura mais atual, que o encaixa como um herói e salvador da Terra. Enfim, é uma excelente obra, pra se ler com calma e poder viajar na brisa que Morre conseguiu expor.

Revisado por Bruna Vieira


Leia também: